30 de dezembro de 2015

SÓ UM RECADITO


Muito. E que em 2016 os pássaros continuem a cantar, as ondas continuem a rebentar na areia e as estrelas mantenham o brilho (incluindo o sol, claro).
O meu desejo é que a punk Zola comece a dormir, e para isso acontecer até estou a pensar em oferecer-lhe uma nova nave de viagem, (vulgo cama). Espero que o universo seja querido e me conceda ao menos essa benesse.
Para quem está desse lado, tudo de bom no novo ano que está à espreita, mesmo!

CONCERTOS DE NATAL


 Um muito obrigada à Vera Marmelo que foi mesmo simpática e me emprestou as fotos. (perdi o carregador da minha máquina fotográfica)  Ver mais imagens do concerto aqui. 

Este fim de ano tem sido atribulado e pouco tempo sobra para blogar, mas antes de atravessar a fronteira para 2016 faço questão de dizer que se há concerto de Natal que vale a pena, é o do Legendary Tiger Man na ZDB. Fui à quarta e última noite de sala esgotada e foi rock&roll até as solas dos sapatos fazerem faísca no palco. Quando chegámos a casa, a punk Zola não fez cerimónia, e como é do seu apanágio, decidiu continuar o concerto pela noite fora. Café e creme anti-olheiras por favor!

14 de dezembro de 2015

PUNK ZOLA INFORMA QUE É A MAIOR E OBRIGATÓRIA

"Sinhôri, não é assim!" - para um senhor desconhecido que fazia exercícios na corda suspensa.

"Mamã este é meu e este é nosso." (tudo lhe pertence um bocadinho)

"Mamã, vou-te fazer uma trança."

"Mamã, tu estás a chamar, mas eu vou já."

"Mamã, eu vou a casa do Tiotino. Tu também vens?" - a falar do interior do berço às 6h50 da manhã.

"Mamã dá-me chá!", "Está bem, o que é que se diz? Seeee...", "Cenoura."

"Mamã, acende a luz, eu estou a ler."

"Mamã, eu sou a Doutora do Obrigatório" (disto eu já devia ter desconfiado há algum tempo...)

11 de dezembro de 2015

3 EXERCÍCIOS ANTI COLAPSO




Hoje tive que meditar um bocadinho de manhã (punk Zola com asma a semana quase toda), por isso fiz três exercícios descontraídos de caligrafia, inspirados nesta música dos Trovante. 
Os exercícios não estão perfeitos, mas pelo menos ajudam a espantar algumas nuvens (e ainda testei canetas novas).  O fim-de-semana vem aí. Contar até 10.